Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Golpe de misericórdia

por Henrique Monteiro, em 28.03.10

Publicado em SAPO Desporto

Autoria e outros dados (tags, etc)

Anos de Cartoons

2008 | 2009 | 2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014 | 2015 | 2016 | 2017 | 2018 2019 2020 2021


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.03.2010 às 17:11

O actual estado de êxtase dos benfiquistas demonstra claramente o que tem sido o seu estado de espírito nos últimos anos.

Só um clube que há muito tempo não está habituado a ganhar é que tem estas demonstrações colectivas de estupefacto e admiração.

De facto, na realidade, o benfica apenas está no limiar de vencer o campeonato de Portugal. É assim um coisa do outro mundo? Relembro os menos atentos que um certo clube é actualmente tetra campeão e já foi penta campeão. O que aconteceria aos benfiquistas se isso lhes estivesse a acontecer?

Suicidavam-se de tanta alegria?

Os actuais comentários e atitudes dos benfiquistas neste blog e noutros, bem como em sites, só demonstram a sua pequenez. Acham que haveria este histerismo se o Porto fosse campeão este ano? A resposta é simples. Não. Porque o Porto é um clube habituado a vencer,já venceu no passado e continua a vencer. Um campeonato, uma taça, uma taça europa, uma liga dos campeões, uma taça intercontinental, uma supertaça, etc, etc, etc, são coisas banais, corriqueiras para um Portista.

Vencem este campeonato e já acham que o benfica renasceu, qual fénix, que vem aí uma nova era, que voltou o "glorioso" benfica.. Enfim. Pequenez. Pequenez é a palavra que vos define.

Um campeonato é motivo para tanto? Vê-se mesmo o que têm sofrido nos últimos anos.

Comentários como os que fazem só demonstram o vosso lugar. O que se tem passado em termos de histerismo colectivo é quase comparável ao que aconteceria se, digamos, um belenenses ganha-se o campeonato.. A admiração, o espanto, a surpresa.

E um Portista, que assiste de fora a este estado de coisas, orgulha-se. Orgulha-se de não ser assim, de não se deixar entusiasmar por um mero campeonato, uma gota de água no oceano. Não se abate por uma derrota. Sabe que é passageiro. E para além de saber que se trata de uma situação ocasional, para além dessa convicção que lhe vem do interior, também os seus adversários contribuem para essa certeza, para esse orgulho, através do espanto e da loucura por algo tão mundano aos olhos de um Portista.

Esta é a realidade do benfiquista dos dias de hoje. Agarrar-se às pequenas coisas, sonhar alto, lembrar um tempo que nunca viveu e que não voltará a acontecer, no fundo, iludir-se.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.03.2010 às 17:25

epá, o 3-0 no Algarve não te chega!

TENHAM MEDO!

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.03.2010 às 17:34

Tudo é aparentemente válido para impingir apreciações bacocas e sintomáticas de esquizofrenia paranóide, por parte de alguns utilizadores. Não tenho nada contra o facto de descarregar a sua bílis em doses cavalares, mas catarse por favor.

O jubilo com que apreciam as derrotas do Porto, como o famoso 5-0 contra o Arsenal, demonstra a mente limitada do benfiquista tipo.

Esquecem-se dos 7-1 de Vigo. Esquecem-se dos 5-1 contra o Olympiakos, esquecem tudo.

O que importa é o presente. Mas estão-se sempre a gabar de um suposto glorioso passado.

Se tivessem perdido a Taça da Liga sabem qual era a argumentação do Benfiquista? "A Taça da Liga não interessa para nada, o que interessa é o campeonato." Como a ganharam, já é a coisa mais importante do mundo.

É o raciocínio patético e limitado.
Sem imagem de perfil

De Luís Maia a 29.03.2010 às 04:48



tem que explicar ai ao lampião que catarse, não é catorze mal escrito, eles são os tipos que há-dem vir como diz o orelhudo presidente do clube mais rico do Mundo

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Publicidade


No facebook


Cartoons Família e Desporto






Pesquisar cartoons

  Pesquisar no Blog