Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Acordo ortográfico provoca obesidade

por Henrique Monteiro, em 10.12.10

Publicado em SAPO Notícias

Autoria e outros dados (tags, etc)

Anos de Cartoons

2008 | 2009 | 2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014 | 2015 | 2016 | 2017 | 2018 2019 2020 2021


3 comentários

Sem imagem de perfil

De André a 10.12.2010 às 07:47

Provoca mais entropia.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.12.2010 às 10:21

Tal como nós, a língua portuguesa é um organismo vivo, sempre em constante mutação. Portanto, devemos atualizar-nos e deixar que a língua portuguesa evolua. Não nos podemos esquecer que Portugal representa, apenas, uns meros 10 milhões no mundo a falar a língua de Camões. De qualquer forma, todos os falantes da língua portuguesa tiveram que proceder a alterações. É errado dizer que só os Portugueses irão alterar a sua grafia; os Brasileiros também procederam a variadíssimas alterações, apesar de em Portugal nos levarem a crer que não! Como português que sou, tenho orgulho na língua que falo e estou convicto que este Acordo Ortográfico é um passo muito positivo e benéfico para a divulgação, estudo e promoção da língua portuguesa em todo o mundo. Esta língua une povos, culturas e formas de pensar nos 5 continentes... há que saber lutar pela sua preservação e evolução. Viva a lusofonia!
Tiago Martins
Sem imagem de perfil

De art a 10.12.2010 às 12:42

Lembro-me de quando "tomámos conhecimento" de um "acordo ortográfico" em curso. O senhor Malaca Casteleiro e o senhor Graça Moura a envolverem-se em acaloradas discussões acerca do tema.

Uma das principais razões invocadas, na altura, para a celebração do "acordo" seria a de os editores e livreiros poderem fazer uma única edição para os dois principais países (Portugal e Brasil). Que rica razão, sem dúvida
Agora, quando passaremos a utilizar os termos "trem", para designar "comboio", "ônibus", em vez de "autocarro", etc. etc. ?
É que, se assim não for, as editoras não poderão fazer a tal edição "unilingue".

Enquanto puder, utilizarei a grafia que aprendi, nos anos 60, cá em Portugal - e nasci Brasileiro...

Os EUA e Inglaterra tiveram e têm grafias diversas para designar as mesmas coisas: lembro-me de "jail" e "gaol", por exemplo... e quem me convence de que isso é mau?
Os Ingleses e os Norte-Americanos têm-se dado perfeitamente bem com o facto... hmmmm... pois... desculpem... eles são uns parolos e nós e os Brasileiros uns "desenvolvidos"...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Publicidade


No facebook


Cartoons Família e Desporto






Pesquisar cartoons

  Pesquisar no Blog