Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Pudesse a Pantera nascer duas vezes...

por Henrique Monteiro, em 26.01.11

Pudesse a Pantera nascer duas vezes...

Publicado em SAPO Desporto

Autoria e outros dados (tags, etc)

Anos de Cartoons

2008 | 2009 | 2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014 | 2015 | 2016 | 2017 | 2018 2019 2020 2021


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Luis Maia a 26.01.2011 às 18:18


O amor à camisola, nesse tempo chamava-se escravatura e ele não saiu do Benfica, porque o hoje lampião sul-americano de lisboa não deixou e nesse tempo os jogadores não tinham possibilidade de fugir a essa escravatura.
Quando já estava podre dos joelhos, deixaram no então sair e ele andou por ai a arrastar-se jogando que me lembre no Beira-Mar e no União de Tomar.
Até que mais tarde o foragido Vale e Azevedo, se lembrou de o despedir.
Isso ontem não se falou, ficava mal na festa lampiona.
Os Sportinguistas presentes não deixaram de o homenagear, como ele merece,(gostava de ver se ele tivesse jogado no Sporting, quantos lampiões lá iam).
Eu fui à festa de despedida dele como muito prazer

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Publicidade


No facebook


Cartoons Família e Desporto






Pesquisar cartoons

  Pesquisar no Blog