Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Na idade em que não se morre

por Henrique Monteiro, em 29.06.11

Publicado em SAPO Notícias

Autoria e outros dados (tags, etc)

Anos de Cartoons

2008 | 2009 | 2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014 | 2015 | 2016 | 2017 | 2018 2019 2020 2021


1 comentário

Sem imagem de perfil

De cec a 29.06.2011 às 11:22

o destaque pedido relativamente aos outros ocupantes mais não é do que um pedido de invasão da vida dessas pessoas. são famílias que estão em sofrimento. e querem sossego e procuram alguma paz. e além do mais para o que morreu não adianta e para jovem que está em coma - é o que dizem - tb não ajuda em nada. mas pelos vistos pessoas há que se serviriam da morte ou internamento de familiares para se tornarem famosos por um dia... é o que parece! além do mais ja se falou o que basta: o hélio era aluno de mestrado e professor assistente na faculdade e a armanda pelos vistos seria a namorada dele.
o tipo de musica que o angelico fazia nao me seduz e tb não ligo para a moranguice, nem para dzrt nem para novelas da TVI mas estao a esquecer a participação no 20,13 - Purgatório do Joaquim Leitão e as vozes nos filmes de animação infantil. ou seja, era uma pessoa que ia à luta e esforçava-se por fazer o que gostava. não vivo a noite mas tb não ponho toda a gente k a vive no grupo dos mafiosos e idiotas.
por acaso se havia coisa que transparecia quando se olhava para o angelico era a «bom onda» na vida, nada de pessimismos, alegre, afavel e doce. dava essa sensação. estava para apresentar mais um projeto. quer se goste ou nao era o projeto dele. e por isso a irresponsabilidade, ou os excessos o que seja, foram pagos da pior maneira: com a vida. atenção que não sou do genero de tornar um criminoso num santo só pk morre. sem seguro, sem cinto, excesso de velocidade, sim, é verdade. o problema é que a esta hora está a repetir-se o mesmo nessas estradas e se calhar de uma maneira mais consciente e estudada. uma vida perdida aos 28 anos, com 1 novo CD que fica no limbo e muitos sonhos por cumprir é sempre algo de lamentar. é sempre doloroso pensar numa mãe e num pai que perdem um filho.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Publicidade


No facebook


Cartoons Família e Desporto






Pesquisar cartoons

  Pesquisar no Blog