Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Cela sobrelotada

por Henrique Monteiro, em 09.12.14

cela1.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


16 comentários

Imagem de perfil

De Piegas Lixado a 09.12.2014 às 10:57

Nessa cela sobredotada
onde os presos se amontuam,
vive uma discordia danada
onde banqueiros não hatuam.

Se acaso a superlutação
pecasse por malvadês,.-
o país não teria noção
dos capitais do marquês.

Desde o caso bpn bes e companhia
corrumperam com o engenheiro,
porque ele é barra em demazia
no espaço e em arranjar dinheiro.

A tradição de "ir a missa"
já não é o que era dantes,
"Que espirito santo s€m cortiça
cupabeliza suas amantes",..
Sem imagem de perfil

De André a 09.12.2014 às 14:22

Bem, isto é só erros, acho é que o amigo acima tem de tirar um curso de Português antes de vir dar ar da sua graça com os poemas "engraçadinhos".
"Hactuam" - Não conheço esta palavra, apenas Actuam do verbo Actuar.
"Demazia" - O senhor deve ter comido muitos fritos antes de escrever o poema para ter azia e não Demasia.
"Dantes" - Este deve ser uma variante de Dentes, já que só existe Antes.
"Cupabiliza" - Culpabiliza é a palavra correcta, já começam a ser erros a mais.
"Superlutação" - O Marquês e o Motorista devem ter tido uma luta renhida, porque nem sequer imagina que se escreve Superlotação de Lotado.

Da próxima vez, coma um dicionário, já que erra em cada dois versos uma palavra.
Sem imagem de perfil

De Xá Pinto a 09.12.2014 às 14:35

Caro André, acho que foi brando demais na avaliação que fez ao poeta. Deixou passar alguns erros... e não há dicionário que valha a este espécime!
Sem imagem de perfil

De Francisco a 09.12.2014 às 15:15

É óbvio que tem muitos erros!!
Mas quiçá o poeta, nem a 4ª classe tem ... na minha opinião, isso pouco ou nada interessa, pois ter o génio que ele tem, não é para todos e muito menos para quem se prende com erros ortográficos, como os comentadores deste artigo.
Sem imagem de perfil

De MA a 09.12.2014 às 17:12

Francisco, você desculpar-me-á mas, quando fala de "génio" está-se a referir, exactamente, a quê, pode-se saber? É que eu não vislumbrei nada parecido com isso mas, tão só, um arrazoado sem pés nem cabeça e que, ainda por cima, está "escrito" em pretuguês... Génio, só se for da ignorância e da presunção.
Sem imagem de perfil

De Francisco a 09.12.2014 às 17:53

Desculpem-me então, mas é que eu não conseguiria escrever como essa pessoa escreveu (não me refiro aos erros, mas sim à sequência, que acho genial, da poesia).

Deixem lá, não percam tempo em responder-me, mas é que eu sou a dar para o burrinho, e como tal, qualquer poesia me encanta, principalmente deste género, com erros "genuínos", e que, na minha singela opinião, dão outra graça "à coisa".
Sem imagem de perfil

De MA a 10.12.2014 às 09:34

Tal como a si, Francisco, também a mim "qualquer poesia me encanta"! Mas, para isso, é necessário haver poesia...
É que, ir aos sanitários e, depois, limpar as mãos à parede, pode ter alguma leve semelhança com os desenhos do Picasso, mas não tem nada que ver com o Cubismo ou, sequer, com a pintura naïf.
E o que este "poeta" da treta fez, foi limpar as mãos à parede!
Sem imagem de perfil

De Francisco a 10.12.2014 às 12:42

Pois ...
Quantos e quantos quadros, à vista dos do Picasso são autênticas aberrações, e que afinal, são muito conceituados e valiosos, no mundo da pintura?
Se o "amigo" acha que não existe qualquer poesia aqui, ok, está no seu direito, mas daí a julgar ou a definir o que é ou não poesia, ainda vai um logo caminho ... o que é para uns, poderá não o ser para outros, mas isso, não quer dizer que uns ou outros, estejam errados ou correctos.

Cada um sabe de si, e Deus Nosso Senhor, de TODOS.
Sem imagem de perfil

De MA a 10.12.2014 às 18:01

Se você insiste que consegue ver "poesia" numa algarviada sem sentido, lá saberá porquê...
Já agora, por algaraviada, aqui vai uma que, para si, deve estar ao nível dos Lusíadas:
Pergunta o puto à mãe:
- Ó mãe, sabes o q'ué un insete?
- Ê cá nã sê, pregunt'á mana...!
- Ó mana, o qué un insete?
- Pôs nã sê... pregunt'ó pai...!
-Ó pai, o qué un insete?
-Mê g'anda burre! Un insete sã... Oite!!!...
Sem imagem de perfil

De Francisco a 11.12.2014 às 16:01

O que eu vejo ou não, seja onde for, não é da sua conta, porque, primeiro, não sou seu filho, segundo, não o conheço de lado nenhum, terceiro, já cá ando neste Planeta, se calhar há mais tempo do que você, e em quarto lugar, o respeitinho é muito bonito, não sei se sabe.

Mas, muito menos será da sua conta, tentar dar-me "lições" sobre poesia, subentendendo a minha falta de percepção, entre Os Lusíadas, e as suas suas algarviadas (ou algaraviada, como você lhes chama, pois deve ser "especial de corrida", e como tal, diferente das demais).

Descendo de nível, vossa mercê, vá mas é dar banho ao cão, e preocupe-se mais consigo, do que com os outros.


PS : criticar, sendo destrutivo, é fácil, muito fácil, construir, já só está ao alcance de alguns, principalmente dos humildes
Sem imagem de perfil

De MA a 11.12.2014 às 19:00

Sim, claro, claro! Já agora, aproveite e, enquanto eu dou banho ao cão, você esfregue vaselina que, com o tempo, isso desincha e vai ao sítio...
(Já agora, como é que você sabe que não é meu filho???)
PS- Deixe-se mas é de parvoices e de faltas de educação porque, uma coisa, é você ir falando e escrevendo sendo deselegante mas não ofensivo, outra, completamente diferente, é você vir para aqui com faltas de educação grosseiras.
Sendo qual for a forma que escolher, comigo e como pode ver nesta minha resposta, esteja à vontade... Só acho é que não é o sítio certo, quanto mais não seja por respeito para com os outros comentadores e com o próprio cartoonista, que eu, por acaso, até admiro. Mas, repito, você é que sabe...
Esteja à vontade!
Sem imagem de perfil

De Francisco a 12.12.2014 às 11:16

Sôr Henrique Monteiro (seja você quem for) :
Você deve ser mesmo uma besta, malcriada, sem qualquer tipo de educação, e a julgar-se muito espertinho ... então agora pergunta como é que eu sei que não sou sou filho?!
E eu é que sou deselegante e ofensivo? Não sei se se apercebeu (apercebeu de certeza) acabou de meter a minha Mãe nesta conversa estúpida que o Henrique, insiste em continuar com a sua arrogância, falta de educação e falta de respeito, por tudo, e por TODOS.
Vem agora armar-se em santinho, acusar-me de faltas de educação, quando foi o Henrique que me chamou de ignorante, ao subentender que Os Lusíadas para mim, poderiam ter o mesmo significado que as suas algarviadas (ou algaraviada, como você lhes chama, pois deve ser "especial de corrida", e como tal, diferente das demais).
Depois, vem para aqui falar de vaselina etc e tal ... mais um bocadinho e começa a falar de preservativos e outras coisas mais (não se acanhe, já percebemos o quanto essa é a sua praia, e o quanto se sente à vontade nessas matérias de anûs e demais inalações).

Olhe, e baixando ao seu nível de educação e respeito, vá para a put@ que o p@riu, e vá marrar contra outro, que eu, não o conheço de lado nenhum (mas tenho pena, MUITA mesmo).

Esteja também à vontade, para vir regurgitar as suas verborréias mentais para aqui, pois já reparei que tem muita falta de atenção, e aqui, pelos vistos, está a encontrá-la de minha parte.

Passe bem, e tenha um excelente fim de semana ... ah, antes que me esqueça, pode continuar a dar banho ao cão, enquanto eu lhe meto vaselina, com jeitinho para não o magoar!!!
Sem imagem de perfil

De MA a 12.12.2014 às 12:54

Gaita, você é mais chato que um carrapato! E tem a mesma inteligência, também... Já para não falar da educação. E, tal como eles, você só faz comichão e nada mais.
Tenha mas é lá calma porque, senão, ainda lhe dá alguma apoplexia e eu, como deve imaginar, ainda fico com algum problema de consciência e não vou conseguir dormir... Para além de poder vir a ter que dar justificações à Liga Portuguesa dos Direitos dos Animais, o que é sempre uma chatice.
Já quando fala em eu ir para "a não sei quê que me pariu", fez-me ficar a pensar se eu, por algum acaso, não serei seu irmão e, aí, também já era outra chatice...
Como vê, você é só chatice atrás de chatice.
Quanto ao ir "marrar com não sei o quê", como saberá, para marrar é preciso tê-los. Ou não? E quem é que é casado com a sua mulher? Eu, ou você? Mais uma chatice...
Repetindo, tenha mas é lá calma ou ainda queima algum fusível!
E não, não me chamo Henrique. Também, só um carrapato é que se lembraria de chamar Henrique a uma pessoa que se identifica com um M e um A. Já se tivesse dois neurónios, em vez de um, ocorrer-lhe-ia Maria, Manuel, Miguel, Matilde, Malaquias, Margarida, Mateus, Marcos, Moisés, Marcelo, etc., etc. Mas pode continuar a mandar postais...
Sem imagem de perfil

De Francisco a 12.12.2014 às 16:15

Para quem só faz comichão e nada mais, isso é que tem sido coçar, ein?!
Tem mas é cuidado com essa sarna, qu'isso pega-se, e a tua familia, não tem culpa de nada.
Deixa lá a Liga Portuguesa dos Direitos dos Animais, que essa instituição, já deve estar farta do teu animalismo e javardice, inerentes a burros e porcos, e a alguns animais com cornadura (é só escolher).
Meu irmão?
Irrrrrra, "vai de metro Satanás" ... não te esqueças que eu sou um Ser Humano, e quem é conhecido, e muito, na Liga Portuguesa dos Direitos dos Animais não sou eu, mas sim tu!
Quanto aos apêndices da cabeça (ou cornos, ou chifres, ou galhadas, o que quiseres, pois tu é que sabes qual a dignidade do adjetivo a aplicar àquilo que tens), é melhor ires até ao espelho, e não estranhes qualquer saliência que possa estar a começar a despoletar nessa testa sebenta e no meio dos outros dois, pois a tua mulher, é uma gaja porreira, MUITO mesmo (sabias, não sabias? Não me digas que a malta nunca te disse nada ... caramba, és empre o ultimo a saber).

Carrapato Henrique com M e um A, vê se te tornas útil à sociedade, pá, és daqueles gajos que falam falam, mas é atrás de um écran, e nem coragem tens de colocar o teu nome, por isso, doravante, passas a ser o "poeta javardolas que caga de cocras".

Olha, antes que me esqueça, quando for grande (ou quando tiver os neurónios todos que tu tens), quero ser como tu, quero ser inteligente, saber escrever, ter resposta para tudo e para todos, ter arrogância a rodos, e ser o maior da Cantareira.

PS : larga a droga que te faz mal, oh esternocleidomastoideo
Sem imagem de perfil

De MA a 12.12.2014 às 17:02

Caro Carrapato...
Então, já vamos no tratamento por tu, heim? Lá chagariamos, lá chegariamos, não é verdade? Era uma questão de tempo e insistência.
Devo dizer-lhe que o meu caro amigo não acerta uma...
Primeiro, não acerta no M, o que inviabiliza o Henrique.
Segundo, eu nem sou casado, o que elimina a questão da "minha mulher isto, a tua amulher aquilo".
Terceiro, mais útil que eu à sociedade, que já levo 44 anos de trabalho no lombo, deve ser difícil, o que elimina a questão de eu "me tornar útil à sociadede".
Quarto, para quem, como eu, que tive que fazer a guerra em África, passou o que eu passei e sofreu o que eu sofri, essa de "me esconder atrás dum ecrã" também não acerta lá muito. Se nem das mambas-negras tive medo, não seria agora dum carrapato presunçoso, que se "encanta" com poesia de latrina, não acha?
Quinto, para quem trabalha numa multinacional espanhola e em que, lá em casa, são sete a viver, também a questão da "falta de atenção", vai lá vai!
Sexto, para mim, as únicas drogas que conheço são o Benfica, a família e a conversa inteligente, o que me traz à mente o facto de estar aqui a perdê-lo com um gajo mentecapto, que nem português sabe escrever...
Assim sendo, fecho a loja e deixo-o a uivar à lua!
Continue a mandar postais...
Sem imagem de perfil

De Francisco a 12.12.2014 às 17:51

Olha que lindo, não tem mulher e são 7 lá em casa?!
Que grande canil / bacanal que por aí vai.

Com que então 44 anos de trabalho no lombo, e ainda trabalhas?!
Que grande energúmeno que me saíste, deves trabalhar / produzir muito deves ... 44 anos, LOLOLOLOLOL.


Ok, já percebi tudo, é que nem vale mesmo a pena, benfica diz tudo e justifica tudo (a história de não ter mulher, de serem 7 ... anões?! E cadê a Branca de Neve?), o quão mal faz esse clubezeco de vão de escada, aos seus adeptos, que se drogam com o pó marado dos pneus, e com as ilusões que o Jasus vos mete nessa cabecinha de galináceos ... enfim, mete dó, temos pena!!!

As melhoras ... oh "poeta javardolas que caga de cocras"

PS : SIM oh asno de COCRAS e não de CÓCORAS, oh não percebeste que o fiz com intenção de despoletar a tua arrogância e prepotência na correção ortográfica?! Irrrrrra que é ... do fifica, lolololol

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Publicidade


No facebook





Pesquisar cartoons

  Pesquisar no Blog

Anos de Cartoons

2008 | 2009 | 2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014 | 2015