Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]





O lado B

por Henrique Monteiro, em 23.02.16

batalha1.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Anos de Cartoons

2008 | 2009 | 2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014 | 2015 | 2016 | 2017 | 2018


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Leunam a 23.02.2016 às 18:51

Digam o que quiseram, mas a verdade é que este mês recebi mais 60 €, que os outros me andavam a gamar
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 23.02.2016 às 21:22

E no tempo de Sócrates até recebia muito mais. Sinal de uma economia pojante e cheia de confiança! Viva, estamos a voltar aos tempos de Sócrates e os famosos multiplicadores keynesianos!
Sem imagem de perfil

De Daniel a 24.02.2016 às 06:05

Na verdade o tempo em que mais recebi foi no de Durão Barroso, e estávamos de tanga, ora se não estivéssemos (mas nesse estávamos de tanga mas havia dinheiro para finalmente tornar o contrato dos submarinos vinculativo; para avançar com o TGV e ainda nos comprometermos com Espanha - que quase nos saiu caro; para finalmente avançar com o novo aeroporto... piada tem é que assim que saíram do governo e 2 desses, os que faltavam, afinal já não eram prioritários e até era megalómanos... mas não o eram, com o acrescento dos submarinos, durante o governo dos seus partidos... ah, está bem oh abelha).
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.02.2016 às 09:48

pois. e que ainda nao tinha chegado a crise financeira, entretanto caiu o lehman brotheres aig etc e podiamos cair nos tambem, alguma gente ficou com medo e avisou outra nao ligou, e caimos, mas em 2009, o funcionalismo publico levou quase 3 por cento aumento para ir votar, e logo de seguida o mesmo governo do socrates faz cortes nas pensoes e reformas.
Sem imagem de perfil

De Daniel a 24.02.2016 às 15:59

Não ponha a carroça à frente dos bois... a crise financeira surgiu depois do PSD e CDS terem se afirmado contra essas obras (como eu disse, os mesmos que uns meses antes eram não só a favor mas parte integrante do governo que as tomava como obra de governo, o porta-estandarte desse governo).

Estamos a falar de uma discrepância de 3 anos no seu argumento (2005, altura em que começaram a criticar essas obras, ou seja logo que tomou posse, e finais de 2008, altura em que efectivamente tudo o que escreveu no seu comentário se passou). Contexto.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.02.2016 às 18:49

claro que nao ponho, nessa altura o psd e todo mundo achava isso optimo, mas uns aprendem mais depressa e analisam a projecçao no futuro mais depressa que outros, por isso nao chegam a beira do abismo. como ve, outros nem tres anos depois nem seis ainda tinham visto isso. e ganharam umas eleiçoes onde foram chamados a atençao para isso, mas ainda assim aumentaram pensoes, funcionarios publicos obras e depois foi um choque, cortes nos funcionarios pensoes congelamentos, paragens de obras ainda antes de vir a troika. estes eram os carros que iam atras dos bois mas sem boieiro.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Publicidade


No facebook


Cartoons Família e Desporto






Pesquisar cartoons

  Pesquisar no Blog